NA MESA DA IRMANDADE

Tudo começou ao raiar do dia quatro de outubro, onde toda a natureza convidava a cantar as maravilhas do Criador expressa em cada detalhe da mãe terra, das flores e folhas, até no mais pequenino ser vivo na terra.

A celebração da festa em louvor a São Francisco de Assis, direcionou nosso pensamento e coração para o modo de ser de um personagem que marcou a história do franciscanisno na Igreja, e inspirou um caminho novo de seguimento do Cristo, pobre, humilde e crucificado.

Procurando descobrir a vontade de Deus na sua vida, Francisco buscou a si mesmo, numa experiência pessoal, no dinamismo da vida, com amor infinito respeitando a liberdade e a responsabilidade própria de cada criatura.

Hoje considerado o santo universal, o santo da humildade, da verdadeira alegria, da pobreza e do amor à natureza e ao Cristo pobre e crucificado. Os seus ensinamentos, adverte nossos corações a viver sob a condição de criatura, expressando com gestos movidos pelo Espírito Santo a existência de um ser supremo e absoluto, capaz de capacitar o ser humano com sua graça, tornando assim, pessoas livres e fecundas sem competições humanas e ostentações, deixando se encontrar pela pérola preciosa a qual Francisco lera no Evangelho, e se dispôs a colaborar com ela, desapegando das coisas do mundo e se entregando totalmente a Deus com maturidade de espirito.

Na Celebração Eucarística presidida pelo Frei José Moacyr Cadenassi, OFMCap, na Sede Provfototextincial a Probrasul foi agraciada com a coragem e disposição de quatro membros da FASFHIC da cidade de São Paulo, que emitiram seu compromisso temporário na Família Secular Franciscana Hospitaleira da Imaculada Conceição. Fruto da missão árdua de Ir. Cezarina Lago de Souza, que com muito esforço e dedicação pastoral, vem partilhando seus dons com os leigos.

Que nossos Fundadores Pe. Raimundo dos Anjos Beirão e Beata Maria Clara do Menino Jesus, interceda a Deus por estas Samaritanas da Hospitalidade  Maria Conceição Lima Del Pino, Maria de Sousa Torres, Sueli Vitorino Leite da Silva  e Vânia Maria Teixeira Lima, a continuarem firmes na formação e alegres  na vivência da vocação cristã no discipulado de Jesus Cristo, professando a sua fé e cultivando os valores próprios da espiritualidade franciscana hospitaleira, participando da missão da Congregação e eclesial de acordo com a sua secularidade.

Que sejamos todas, anunciadoras da verdade, no ardor do Espírito de Cristo, assim como fez o Pai Seráfico S. Francisco.

1 6 7 8