ALARGOU-SE A TENDA NO CALOR DO ESPÍRITO

img_20161201_114057713O Espírito Divino é mistério e a vida para se chegar a ele passa pelo desligamento do mundo habitual e cotidiano. A Sede Provincial foi o palco onde no dia 01 de dezembro foi possível fazer uma reentrada no nosso espaço interior, “morada que guarda Deus religiosamente”.

A nebulosidade do dia não impediu a luz que brilhava nos nossos corações. Tentamos viver a “mística dos olhos abertos” que diz: “fecha a porta dos teus sentidos e procura Deus no profundo”.

A oração da manhã preparada com muito carinho nos levou a olhar a Mãe Clara pelo radar da profundidade mais estreita. O Power Point nos brindou com uma autêntica experiência espiritual ao mesmo tempo cotidiana, solidária e integrativa. Foi a expressão de um estímulo precioso e profundo da vida dos Fundadores e sua estreita relação com o momento de Revitalização e Reorganização da CONFHIC. Sentimos o hálito de Deus, o seu Espírito, vivo em cada uma de nós percebido como fonte mesma da existência. Voltar às Fontes foi voltar à vida como um imenso laboratório que nos colocou em estado de silêncio e espanto e nos permitiu reconhecer na vida dos Fundadores o brilho, a luz de uma fantástica presença: os passos do próprio Deus. Às 11hs fomos agraciadas com a presença do nosso Bispo da Região Ipiranga, D. José Roberto Fortes Palau e Pe. Romano Lopes da Silva. A Eucaristia, momento alto do dia contou com a presença das Animadoras do Processo, outras Irmãs, a FASFHIC e os Funcionários. Um momento iluminado que nos permitiu esquecer o cansaço, recuperar a sensibilidade e reativar os sentidos. Nossos ouvidos testemunharam as palavras do Pastor ao afirmar com exemplos claros a admiração e o respeito por nós Franciscanas Hospitaleiras por ele conhecidas quanto contava apenas 05 anos de idade. Foi nosso aluno, conviveu, viu, ouviu e aprendeu através da vida e do testemunho de nossas Irmãs. Deus seja louvado! Reunidos em torno da mesa da refeição vivenciamos plenamente aquele instante fraterno e celebrativo. Às 14hs tocamos de perto a vitalidade e a liberdade ao nos confrontar com a Avaliação do 1º trimestre da 2ª etapa do PRR. Um caminho aberto e uma esperança no ar. E esta não é uma espécie de consolação na espera do que virá. Esperar é saber colher o invisível no visível, o inaudível no audível. É buscar descobrir outra dimensão dentro e além dessa realidade concreta que Deus nos está dando de presente. Essa esperança nos mantém vivas e nela experimentamos o perfume do eterno. A oração de encerramento nos convidou a olhar a Imaculada Hospitaleira na coragem de uma decisão de fé no Espírito provando efetivamente sua experiência pessoal em Deus e no seu Espírito. E o dia passou e as andorinhas da PROBRASUL voltaram para os seus pombais na consciência de estarem permanentemente na presença Dele com o seu Espírito alargando a Tenda numa declaração de amor à vida e num empenho na construção de um futuro comum. “Nele é img_20161201_122513227que vivemos, nos movemos e existimos” (At 17,28). Assim seja!